As Operações de Exportação

A exportação consiste na venda de produtos ou serviços para mercados de outros países. Esta operação é uma alternativa de desenvolvimento de determinada empresa, já que por meio da exportação, ela ganhará competitividade e qualidade, além de melhorar o seu produto, uma vez que a concorrência do mercado externo é muito acirrada.

De acordo com Souza (2003), o exportador deve encarar o mercado externo como mais uma oportunidade de negócios para sua empresa. Ele deve, então, analisar sua capacidade exportadora, estabelecer um plano de marketing de exportação, assim como fixar metas de médio e longo prazo para alcançar o mercado internacional. Ainda segundo o autor, existem inúmeras razões para que as empresas optem por exportar e para que o governo incentive a exportação. As principais delas são a expansão do negócio, a diversificação de mercado, o aprimoramento da qualidade, a redução de custos, a geração de novos empregos, os incentivos financeiros e fiscais, etc.

Uma vez definidos o que exportar e para onde exportar, a empresa deve se atentar para as exigências legais e administrativas no processo de exportação. Existem duas modalidades de exportação que são objeto de regulamentação específica: as temporárias e as em consignação. Os documentos referentes ao contrato de exportação são a pró-forma, a carta de crédito (em caso de cobrança documentária), a letra de câmbio e o contrato de câmbio. Por sua vez, os documentos referentes à mercadoria, que acompanham todo o processo de translado da mercadoria desde o estabelecimento do exportador até o local de destino designado pelo importador, são o registro de exportação, o registro de operação de crédito, o registro de venda, a solicitação de despacho, a nota fiscal, o conhecimento de embarque, a fatura comercial, o romaneio e outros documentos como o certificado de origem, a legalização consular, o certificado de seguro, o borderô, etc.

Fontes:

SOUZA, Cláudio Luiz Gonçalves. A teoria geral do comércio exterior: aspectos jurídicos e operacionais. Belo Horizonte: Líder, 2003.

Texto enviado pela colaboradora Rebeca Maia, Bacharela em Administração com linha de formação específica em Comércio Exterior pela PUC-MG e Graduanda em Jornalismo pela UniBH.

Sobre Alex Oliveira

Graduado em Comércio Exterior e Técnico em Informática.
Esse post foi publicado em Exportação e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s